Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Devaneios de Miss L

27
Nov20

EXPECTATIVA DO LIVRO || AVENTURAS DE SHERLOCK HOLMES II


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Sherlock Holmes - Biografias - Grupo Escolar

 

Adoro as aventuras de Sherlock Holmes. Ele é enigmático. Carismático. Cada aventura é fantástica. Sir Arthur Conan Doyle é um excelente Escritor. Não, não é dos meus favoritos, mas está quase lá. "Nasceu em Edimburgo em 1859 e morreu no Sussex em 1930. Médico e Autor de histórias de ficção científica, novelas históricas, peças e romances, poesia e obras de não-ficção, também foi distinguido com o título de Sir, em 1902, pela sua participação na Guerra dos Boers.". 

Este livro tem quatro contos:

-O homem dos lábios torcidos,

-Um caso de identidade,

-A faixa malhada,

-As cinco sementes da laranja.

Cada conto é mais surpreendente do que o outro. Misterioso. É isso que eu gosto neles. Tem um bom vocabulário. Adoro todos os que li.

Beijokitaz

24
Nov20

QUATRO HÁBITOS QUE EU PRECISO || MISS L


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Planejador, setembro, calendário, cronograma, organizador, ano

 

O ano está a acabar e talvez seja hora de mudar. Não podemos ser a mesma pessoa que fomos ontem. Devemos evoluir sempre.

1- Organização Preventiva

É basicamente não acumular a bagunça. Eu sou bastante desorganizada. Como se costuma dizer "Sujou, limpou.". Quando não se deixa acumular não é preciso parar duas ou três horas para fazer uma geral. Assim, não custa tanto. Os outros trabalhos agradecem. 

 

2- Hidratar-me

Devemos beber bastante água por dia, pois nós somos água. Eu acordo e bebo logo àgua, faz-me sentir muito bem. 

Devemos estar regularmente hidratados. 

 

3- Ciclos de respiração

Parar diariamente para sentir e ter consciência da nossa respiração. Parar cinco minutos por dia para isto. Respirar fundo. Oxiginar bem o corpo de forma consciente. Pode ser considerado uma limpeza mental. Eu trabalho muito com a mente e isto ajudar.  Ajuda a ter paz. Organizar a bagunça emocional.

 

4- Usar creme diariamente

Eu já tive esta rotina, mas deixei naturalmente. A minha pele é seca. Merece ser mimada. Eu mereço ser mimada.

 

Procurar novos hábitos são importantes para evoluirmos como ser humano. Evoluir aos poucos é importante. Evoluir por nós é importante. Evoluir.

Beijokitaz

 

21
Nov20

MARCA BRANCA || ESCOLHAS


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Marcas Brancas - Sim ou Não? - riscos_e_rabiscos

 

Como todos sabem, a marca branca é a genérica dum produto. Em regra geral, é mais barata. Sim, em regra geral. Há certas promoções que podem tornar a marca original mais barata.

Para quem não sabe, eu sou uma grande consumidora de marcas brancas. Tenho três excepções: produtos do cabelo e da pele e líquido da loiça. Tirando estes pontos, as marcas brancas são vida. Como diz uma Tia minha, eu não sou de luxos.

As excepções são claras:

- Cabelo: O meu cabelo é muito seco e com ares de Medusa. 

-Pele: A minha pele é seca e atópica. Precisa de outros cuidados.

-Líquido da loiça: É mesmo questão de preferência. Fairy lá no top. Por vezes, facilito e compro Super Pop.

Tirando estas três excepções, eu confio nas marcas brancas. São económicas, práticas e de qualidade. Não vou pagar quatro euros por uma pizza quando posso reduzir para dois. Se eu posso pagar menos pela mesma coisa, eu vou fazer. Eu não vou pagar um euro e sessenta em bebida de soja se posso pagar setenta e dois cêntimo. Em vez de comprar um pacote, compro dois e dura mais. 

Durabilidade e economia por um produto de qualidade. Não sou muito ligada a marcas, pessoalmente. Se na promoção, a marca original for mais barata do que a marca branca, compro a original. Ponto. Nem há discussão possível. E também verfico o preço do quilo, pois pode parecer mais barato na unidade, mas ser mais caro na quantidade. 

Escolhas da vida.

Beijokitaz

20
Nov20

O MEU MAIOR VÍCIO || MISS L


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Oração para libertação de vícios - WeMystic Brasil

 

Para começar a escrever sobre o meu vício, tenho de contar qual é o meu filme favorito da Disney: A Bela e o Monstro. Sim, é um sobre cativeiro, mas tem um tom de magia. A Bela é uma pessoa diferente dos outros que a rodeia, pois lê. É a única que lê naquele local. Isso torna-a estranha aos olhos do povo. 

Ela aceita o Monstro porque ele tem uma biblioteca. Eu faria o mesmo, confesso. Os livros são vida. Sim, esse é o meu vício.

O meu sonho é ter, pelo menos, uma parede cheia de livros. Um quarto cheio deles seria perfeito. Eu tenho, actualmente, uns quatrocentos e tal. Já li metade. Eu amo ler, embora esteja numa fase complicada. Sabe tão bem adquirir livros. O cheio de livros é tão bom. Sou viciada em livros.

Confesso o meu maior vício para vocês. Não é comum, eu sei, mas adoro. É um bom vício. Existem vícios bons, certo? Vamos pensar que sim. Ninguém é perfeito. Mas ler é muito bom.

Beijokitaz

19
Nov20

SAMITÉRIO DE ANIMAIS || RESENHA DO FILME


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Pet Sematary (Samitério de Animais): “Kinguianismo” Básico - The Golden Take

 

Samitério de animais ou Samitério maldito. ADOREI! É macabro. É mesmo ao estilo de Stephen King e não dá para negar. É um remake do filme de 1989. Uma nova versão. É um horror psicológico. 

O cemitério oferece uma resposta imediata para a dor, mas pede algo mais pesado em troca. 

A mensagem deixada é que devemos contar a verdade. Tanto que o gato morreu como a "solução" arranjada para a morte da Filha.

Também mostra que há barreiras que não podemos ultrapassar. Ponto. Nós não sabemos como será após a morte, mas sabemos como sentimos a morte de quem gostamos. Parece uma resposta. Quem não gostaria de ter de volta a pessoa que perdeu e marcou tanto a sua vida? Eu, sim. 

Adorei mesmo. Deu vontade de ler este livro, MAS eu tenho centenas para ler, por isso, não vou por ai. Tenho a certeza que tem as suas diferenças.

Este filme tem uma grande lição sobre a morte. Por mais que se ame e faça falta, temos de lidar com isso, pois é algo natural. Ninguém fica cá para semente, infelizmente. 

Um filme muito bom e marcante. Recomendamos.

Beijokitaz

18
Nov20

LISTA DE PRESENTES || NATAL 2020


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Sino de Natal, Feliz Natal, Fita, Natal, Brilho

Este Natal, mesmo sem o Covid-19, tinha tudo para ser diferente. Mesmo assim, a lista não poderia faltar. Faz parte da minha tradição. Mesmo assim, há pessoas que escolhem ao lado. Mesmo assim, cá vai:

  • Um faqueiro em cinza;
  • Velas;
  • After Eight da marca Lidl ou Pingo Doce;
  • Meias de tamanho 38.

Sim, adoro receber meias e se não recebo, fico triste. É uma prenda quase essencial, digamos. Este ano a lista é pequena, mas fundamental para mim. After Eight é o meu chocolate favorito e prefiro de marca branca, pois assim pelo preço dum original podem comprar dois e são bem saborosos.

Beijokitaz 

17
Nov20

SAMITÉRIO DE ANIMAIS || EXPECTATIVA DO FILME


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Samitério de Animais: Obra de Stephen King estreia hoje na TV Portuguesa

 

Stephen King. Para quem não sabe, é um dos meus Escritores favoritos. O Rei do Terror. Um grande Autor. Finalmente, saiu o filme na Netflix. Uma das curiosidades que eu tenho é do porquê de Cemitério está mal escrito. Será uma junção com Sanatório?

A Filha do casal encontra um cemitério de animais. O Pai explica que isso não é assim tão horrível como parece. É um local para colocar os animais depois do último suspiro e para terem um cantinho onde os visitar. Tal como acontece com as pessoas. 

Aquele bosque pertence a outra coisa.

Um gato da Família morre e é ressuscitado. Eles perdem a Filha e fazem o mesmo. Porém, foi avisado que nada volta da mesma maneira. 

Às vezes é melhor estar morto.

Parece arrepiante. Tem o cliché que o gato é o mau da fita, o vilão. Pelo menos, é isso que parece. Os gatos são sempre associados deste modo. 

Parece um bom filme, claro. Ansiosa.

Beijokitaz

 

15
Nov20

SOU PESCETARIANA || MISS L


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Salmão, Prato, Comida, Cozinha, Refeição, Peixe, Marisco, Saboroso

 

Para começar vou definir Pescetariana (Que eu antes dizia e escrevia "Peixetariana" e estava errado.). Pescetariana é uma alimentação sem carne. Bom, com a carne do peixe. Um passo de cada vez. 

As minhas mudanças alimentares e as minhas curiosidades começaram há uns dez anos, mais ou menos ("Há dez anos atrás" é um pleonasmo.). Foi na altura que deixei de beber leite de vaca. 

Eu sempre pensei que não iria conseguir deixar de comer carne. Fui habitada, como muita gente, a comer carne. Desde criança. Mas consegui. Demorou, sim, bastante. Demorou, mas valeu a pena. Muito a pena. Não me faz falta alguma como eu pensava.

O peixe está mais complicado. Se conseguir, óptimo. Se não conseguir, óptimo. Eu amo sushi, sashimi. Uma Blogger Vegetariana disse-me que poderia começar por cortar a carne e passado um ano, cortar o peixe. Não aconteceu. Não tinha de acontecer.

Em relação à carne, já encontrei a alheia vegetariana e adorei. Novas experiências gastronómicas. Provei a bolonhesa vegetariana. Não me convenceu. Comprei a "carne" picada no Lidl. Não sei se o erro foi meu, mas não me chamou a atenção.

A vida continua normal. Já não vejo a carne como opção. Eu comia carne em quase todas as refeições e mesmo assim, consegui.

Para o Planeta e para a minha saúde é muito boa esta minha redução. 

Em relação ao peixe sou esquesitas em relação ao meu paladar. Como salmão, atum, peixe branco, douradinhos, sardinha pequena, peixe-gato, bacalhau e acho que mais nenhum. 

Não como peixe diariamente, mas como. Por esse mesmo motivo, não vou dizer que sou ovolacteavegetariana, pois é mentira. Amo ovos. Logo, actualmente, para mim, não faz sentido ser vegetariana.

Em relação aos produtos que eu uso escolho, principalmente, naturais. Tudo partiu de mim, das minhas pesquisas e leituras. Sinto-me melhor a vários níveis. É um estilo de vida. Não estou nada arrependida. Foi das melhores escolhas que eu fiz na vida! 

Beijokitaz

 

14
Nov20

NADA MUDOU || CONTO DE TERROR


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Mão, silhueta, forma, horror, assustador, assustador, ajuda

 

Já mudei de cidade dez vezes em dois anos. Sim, dez vezes. O meu nome é Matilde. Nunca quis namorar, nem ter Filhos. Quis ser só eu e eu. Nada de animais de estimações. 

Há dois anos atrás, no dia que completei vinte e oito anos, perdi a minha Família. Quando voltei do trabalho, faltava uma mês para a me mudar para o primeiro apartamento que arrendei. Até agora o caso não foi resolvido. 

Na véspera deste acontecimento, a minha Mãe disse-me para acreditar nas paredes sempre que for assinado com uma flor. A minha Mãe assinava deste modo todos os seus recados. Achei que ela estava a brincar ou a dar uma pista para o meu aniversário. Não liguei. 

Mudei-me como estava planeado, pois aquele apartamento era arrendado e não fazia sentido pagar duas rendas e era um espaço que não me iria sentir bem em morar.

No primeiro mês, apareceu na parede do hall o número um e uma flor, a vermelho. Achei estranho. Voltei a olhar melhor, já não estava. Deveria ser impressão minha. Dois dias depois estava escrito na mesma parede " Tilde, ou sais daqui ou vai-te acontecer o mesmo que aconteceu a mim." estava assinado com uma flor. Fiz as malas a chorar. Mudei-me para um hostel. Tentei arranjar outro apartamento. No primeiro dia na parede da casa-de-banho estava escrito a vermelho "Tilde, eu avisei-te para saires." assinado com uma flor. Isto não era normal. Chorei, mas fiz o mesmo.

Era cansativo, mas não tinha respostas. Quem me poderia dar? Não sei. Eu não acreditava nestas coisas. Pensava que eram coisas que se contava para vender algo. Sempre fui racional nessas coisas. Emagreci imenso, pois estava sem respostas e eu detesto isso.

Isto foi continuando até ontem. Sim, até ontem. Cheguei do trabalho e estava escrito na parede do meu quarto "Hoje vou dar um passeio contigo, Tilde." assinado com uma flor. 

Hoje estou com a minha Família. Tudo acabou. Nós morremos há dois anos atrás. 

 

Beijokitaz

 

07
Nov20

Eu confesso a minha burrice || Storytime


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Desconhecido, pensar, contemplar, pensar, calcular

 

Recentemente eu fiz uma grande burrice e gostaria de partilhar convosco. Para alertar, talvez. 

Eu sou muito impulsiva. Começo por referir que o que fiz foi completamente errado. Demasiado errado, mesmo. Eu só vi a parte boa da minha acção e hoje poderia estar morta ou ter sido roubada. Ou até pior. Foi por impatia. Eu poderia escrever que foi uma Leitora que passou por isto, mas vou assumir. 

Vi no Facebook (Sim, no Facebook) duas meninas que mencionaram que estavam a viver na rua e que a Segurança Social não as ajudava. Foi a parte da Segurança Social que me tocou. Sei dum caso duma pessoa próxima de mim que pediu ajuda à Segurança Social após ser despedida por causa do Covid-19 e não conseguiu ajuda, pois os pedidos de ajuda eram muitos. 

Mandei mensagem e questionei se estavam mesmo na rua. Eram um casal. Sim, eu não as conhecia de lado nenhum. Pensei "Eu tenho o meu sofá-cama vazia, porque não ajudar?". Já me ajudaram tanto até agora que quis retribuir ao Universo. No sentido de continuidade como aquele senhor que deu um bolo de aniversário a uma criança e disse para fazer o mesmo a outra pessoa assim que tivesse oportunidade. 

Só de escrever o que se passou, sinto-me tão ignorante. 

Uma Amiga minha esteve comigo nesse momento. A mesma fez a comida para as quatro que ninguém comeu. Essa era a única pessoa que sabia que elas iam para lá. Vamos chamar de Camila. A Camila disse que ia ao hipermercado perto do meu apartamento para assinar uma ficha de trabalho. Demorou uma hora e tal. (Este ponto é importante).

Elas disseram que tinham conhecidas em comum com o passado da Camila. O meu Pai ligou. Disse que ia lá. Ele nunca ia lá às Sextas-feiras. Nunca. Quando as viu perguntou logo quem é que elas eram. (Esse ponto é importante).

Houve uma grande discussão. Eu tenho ansiedade e tive tomar dois SOS. Estava tão nervosa que só disse baixinho para a Camila "Tu eras a única que sabia...". Um desabafo para tentar orientar a cabeça. Eu não vi a parte má da situação. O meu Pai disse que elas tinham de ir embora. Elas começaram a discutir comigo, mas foram embora. Quando o meu Pai saiu, mandaram mensagem e depois ligaram. Pediram que eu fosse ter com elas. Eu fui.

Elas tentaram por-me contra a Camila. Fingiram que encorporaram. Disseram que a Camila avisou o meu Pai a troco de dinheiro. Disseram o nome da minha Avó Paterna (Todos os meus Avós morreram). Tomei mais um SOS. Elas queriam dormir debaixo da minha cama. Disse que não. A minha cama é daquelas que o colchão levanta. Iriam morrer sem oxigénio. Impossível. Voltei. Dormi. 

No dia seguinte, o meu telemóvel não estava a carregar. Dormi de novo. Não tinha fome. Elas mandavam mensagens a dizer que eu estava a ignora-las. Que só queriam as coisas que deixaram no meu apartamento. Eu estava mesmo mal com situação. Tinha sido uma noite fria. 

Liguei a uma Colega minha muito querida. Ela disse que a Camila tinha ficado uma hora em chamada com ela. E mostrou-me aquilo que eu não tinha pensado: Eu poderia estar morta, pois coloquei dentro do meu apartamento duas desconhecidas. Pedi desculpa a quem deveria. Bebi um chá, como me aconselhou. E arrebitei. A fome não veio no Sábado, mas a energia sim.

Vários pontos eram estranhos:

- Elas tinham bons telemóveis;

-Internet;

-Facebook sempre activo;

-Chamadas e mensagens.

Não, eu não tinha pensado nisto. Soube a VERDADEIRA história dela. Não era bem assim. Eram daquelas pessoas que se prendiam às pessoas como lapas para não trabalharem. Jogavam com o coração das pessoas. Elas tinham onde ficar sim, simplesmente não cumpriam as regras e eram mandadas embora. Ponto.

Ainda tivemos de ir ter com elas para levar as coisas. Não cheiravam muito bem e eu só queria livrar-me daquilo. A Camila ajudou-me. Eu fingi que tinha tomado um medicamento de SOS para ansiedade só para não lhes dizer na cara que sabia a verdade. A que mandava disse que o Victan não fazia esse efeito. Quase disse tudo, mas a Camila controlou-me e disse para irmos embora. Fomos.

Dias depois, apesar de ter o número de ambas, ligaram em anónimo a dizer que lhes faltava uma bolsa de vernizes. "É muito estranho teres perguntado se fazia unhas quando cheguei.". Ela tinha uma caixa duma máquina para secar unhas de gel. Foi só para a conhecer. Referi que tinha limpo a sala (onde estavam as coisas delas) e não tinha nada. A Manda-chuva começou a falar por trás "Eu sei o que tinha na pensão e o que levei. ". Se tivesse encontrado algo, diria. Começaram a ameaçar que iam à Polícia e que iam contar a discussão que foi na Sexta-feira. Só usei a seguinte frase "Façam o que quiserem.". Que estavam a falar a sério. Que iam mesmo. Voltei a repetir. Desligaram na cara!

Liguei a uma Amiga minha, Melhor Amiga da pessoa que contou a verdade sobre elas. Pediu o número delas e tentou resolver. Disse que se elas voltarem a ligar para mim para lhe dizer. A melhor Amiga dela passou-se por elas me estarem a ameaçar e ligou-lhes. Ai ficaram a saber que eu sabia a verdade sobre elas. A tal pessoa disse para não voltarem a ameaçar-me, pois ela sabia onde elas comiam de GRAÇA todos os dias e onde dormiam. Que se tinham metido com a pessoa errada.

Nunca mais me incomodaram. Só tenho a agradecer a quem me ajudou com estas pessoas. E aprendi com o erro. Bom, agora desconfio de todas as pessoas que dizem no Facebook que estão a dormir na rua. 

A única pessoa que vai dormir no meu sofá-cama sou eu.

Não podemos acreditarem tudo que os outros dizem e não podemos mudar o mundo. 

Pessoas na rua há muitas, não sabemos a história delas, os motivos e se são boas pessoas ou não. Não sabemos nada. São puros desconhecidos.

Nunca façam o mesmo que eu fiz. Não existe só a parte boa!

Beijokitaz

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub