Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Devaneios de Miss L

12
Abr21

O BARATO SAI MUITO CARO || TEXTO PESSOAL


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Linda, Linda, Mulher, Beleza, Fêmea, Retrato

 

Inspirei-me nas promoções do Aliexpress

 

A minha Amiga Elsa informou-me que há um novo site de pechinhas que foi anunciado pela sua Blogger favorita, Helena Francos. O nome dele é New P. Nele, os novos utilizadores podem escolher um produto por um cêntimo. Sim, um cêntimo. Não poderia perder isso. Fui ao site e vi uma esponja de maquilhagem que tinha base dentro dela. Um pormenor: Não se poderia lavar para não perder a qualidade da base.

Os portes eram grátis. Decidi experimentar. O que teria a perder?  Escolhi o meu tom e teria de escolher entre dois países de origem do produto: China e Itália. Claro que escolhi Itália. Por ser mais perto, claro. Ironia há parte, nunca gostei muito da China. 

Recebi em dois dias. Estava entusiasmada e usei logo. Nas instruções do produto dizia que não iria precisar de nada, além da esponja para ficar com uma pele perfeita. Nada de correctores, nem iluminadores, muito menos pós compactos. À primeira vista, estava perfeito e cumpria o que prometiam. Passei a usar todos os dias e a gostar cada vez mais do efeito. 

A minha pele do rosto e do pescoço ficou mais branca, uniforme, luminosa. Parecia uma boneca de porcelana. Estava mais feliz, mesmo feliz com a minha aparência.  

Mas nem tudo era bom, esta manhã, estava feliz a passar a minha base, mas algo estranho estava a sair da esponja. Algo branco. Parecia uma larva pequena. Mas entrou pelo ralo e não deu para entender bem. Fui buscar uma tesoura e abri a esponja a meio. Estava cheio de larvas brancas. Brancas da mesma cor que estava o meu rosto. Começaram a sair várias lavras da minha boca. Com o susto, escorreguei no tapete da casa-de-banho, bati com a cabeça na sanita e morri.

Beijokitaz

11
Abr21

EXPECTATIVA || BEM-VINDOS A ZOMBIELAND


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Bem-vindo a Zombieland | Netflix

 

Apeteceu-me ver um filme para descontrair. Com um título destes, apesar de estar na categoria de terror, de certeza que é uma comédia. "O planeta já enfrentou muitos problemas.", devo acrescentar que eles foram criados por humanos. "Poluição, subpopulação e aquecimento global.". Culpa de quem? Dos seres vivos! E a esta lista, o filme, acrescentou zombies. Fantástico, diria eu.

Todo o trailer mostra que o filme não tem nada de terror. Querida Netflix, actualiza, por gentileza.

Parece divertido, bem divertido. Pode ser considerado uma crítica à Sociedade. Estamos a fazer tão mal à Terra que esta resposta pode ser possível. Já fizemos asneiras a mais. Parece ter bastantes piadas e sarcasmo.

Acho que vou gostar e vai ser um tempo bem passado.

Beijokitaz

 

09
Abr21

EXPECTATIVA DO LIVRO || LOLITA


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Aventuras na História · Lolita: Uma das obras mais infames do século 20

 

Chegou a hora de ler este clássico. Segundo a Wikipédia, trata-se do seguinte:

Lolita é um romance de 1955 escrito pelo romancista Russo Americano Vladimir Nabokov. O romance é notável por seu assunto controverso: o protagonista e narrador não confiável, um professor universitário de Literatura de meia-idade sob o pseudônimo Humbert Humbert, está obcecado por Dolores Haze, de 12 anos, com quem ele se torna sexualmente envolvido após ele se tornar padrasto dela. "Lolita" é seu apelido privado para Dolores. O romance foi originalmente escrito em inglês e primeiro publicado em Paris em 15 de setembro de 1955 pela Olympia Press. Mais tarde foi traduzido para russo pelo próprio Nabokov e publicado em Nova Iorque em 1967 pela Phaedra Publishers.

Afirmam que é um tema pesado, mas o meu interesse está em ser um clássico. A sinopse é a seguinte:

«Quase quarenta anos depois, este romance tão artificial criou uma nova palavra internacional ("lolita"), inventou uma América — a dos motéis e autoestradas — de que se nutre ainda boa parte da narrativa americana contemporânea, é uma das obras com o inglês mais rico e preciso da literatura deste século e, ao contrário das acusações iniciais de pornografia que teve de sofrer, é talvez — e no que me diz respeito — o romance mais melancólico, elegante e lírico de quantos li.» .

As opiniões dividem-se entre bem escrito e perturbador. A leitura não é fácil, mas ficamos com uma dualidade de sentimentos. Por um lado é inacreditável e inaceitável, por outro queremos saber o que se passa a seguir.

Na Wook refere o seguinte sobre o Autor:

Escritor norte-americano de origem russa, nascido em 1899 e falecido em 1977, exilou-se com a família na Inglaterra, França e Alemanha. Neste último país, escreveu, em russo, a primeira parte da sua obra literária, de entre a qual se destaca Mashenka e Glória.
Em 1940 partiu para os Estados Unidos da América, adquirindo a nacionalidade americana em 1945. Começou a escrever em inglês, mantendo, nas obras deste período, o fundo fantástico, a visão irónica da vida quotidiana e a mestria formal que já havia demonstrado, e almejou levar a cabo um retrato da sociedade norte-americana através das suas convenções culturais e posturas perante o sexo.
São dignas de nota as narrativas: "Invitation to a Beheading", "The Real Life of Sebastian Knight", "Lolita", um grande êxito editorial transposto para o cinema por S. Kubrick e cujo argumento se baseia nos amores de um homem adulto por uma adolescente, "Pale Fir", Pnin, Ada; or Ardor: A Family Chronicle" e "Speak Memory".

Espero que nao seja muito traumatizante.

Beijokitaz

08
Abr21

RESENHA DO FILME || CURVE


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Filme | Terror na Estrada – Curve | Manteiga Derretida

 

Fiquei surpreendida. O que distingue o ser humano dum psicopata são os sentimentos. A protagonista deu boleia como sinal de agradecimento. Viu-o ali de mochila e ela de carro, após a ajudar. Para ela, era o mínimo a fazer. Ele tentou fazê-la sentir culpada por isso. Sim, ele disse que não precisava de boleia. Sim, ele disse que poderia ficar a meio do caminho. Só quis ser simpatica e agradecida. Gentileza, normalmente, gera gentileza.

Porém, a trama desenrolou-se aos poucos. Os acontecimentos tinham motivos. Ele, simplesmente, era um psicopata que gostava ver as pessoas sofrerem e chegarem ao seu limite. Gostava de atiçar o instinto de sobrevivência. Ela chegou ao ponto de beber da própria urina e comer as entranhas dum rato. Tudo isto para sobreviver. Ele esperava que ela morresse aos poucos e (ao que parecia) fizesse uma auto-descoberta.

Ele não quis mata-la, simplesmente, como fez com os outros. Quis ver os seus limites. Deu-lhe uma serra para cortar a própria perna. Tinha uma auto-confiança incrível. Achava-se muito sedutor só porque era loiro de olhos azuis. Comigo teria azar, prefiro ruivos e morenos. 

Beijokitaz

 

07
Abr21

RESENHA DO LIVRO || ESTÓRIAS DE CLAUSURA


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Estórias de Clausura e Outros Pequenos Espaços - à venda - Livros, Coimbra  - CustoJusto.pt

 

Um livro bastante interessante e divertido. Um mundo completamente à parte. Dava vontade de ler mais e mais, pois por ser surreal era entusiasmante. A forma de escrita é leve e acessível. 

O conto que mais chamou a minha atenção foi o décimo - O Outro. Um facto curioso do livro é que, tal como o Autor, todas as personagens fumavam. Talvez seja por isso que as minhas personagens (contos e livros) não fumam. 

Nesse conto,  a personagem usava as verdades como desculpa para continuara alimentar o seu medo. Ele era infeliz no amor. Fiquei com uma dúvida: Será que esse Outro era o "Eu" interior revoltado que se exprimem através do cansaço excessivo do personagem? Talvez um auto-conhecimento. 

O Outro sabia tudo sobre o personagem. Provoca-o, talvez à procura duma reacção. 

Este foi o meu décimo segundo livro do ano. O meu objectivo é ler 24 livros, ou seja, já cumpri metade. Acabei de ler no dia 1 de Abril. 

Beijokitaz

06
Abr21

EXPECTATIVA DO FILME || CURVE


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Terror na Estrada | Trailer oficial e sinopse - Café com Filme

 

Curve ou Terror na Estrada é um filme que foi lançado em 2015. É considerado como terror e suspense. É sobre uma Noiva que dá boleia a um homem que se revela perigoso e tenta livrar-se dele, causando um acidente que a deixa entregue aos seus recursos numa luta pela sobrevivência. 

O trailer mostra-nos que o veículo da tal Noiva avariou no meio do nada e um homem, sem camisa, ajuda-a consertar. Talvez, como sinal de agradacimento, dá-lhe boleia. Porém, numa parte do caminho, ele aponta-lhe uma faca. Ela despista-se, como relatado no resumo, para se livrar dele, mas fica com a perna presa. Ele sai ileso com alguns arranhões. Ela consegue sair do carro e lutam numa casa.

A Noiva está indefesa e ele poderia livrar-se dela rapidamente, mas (talvez por ela ser a queridíssima protagonista) não o faz. Talvez porque acabaria o filme. Não tenho muita expectativa quanto ao filme. Parece mais do mesmo e que só sabem proteger a protagonista. 

Beijokitaz

 

 

05
Abr21

ESTÓRIAS DE CLAUSURA || EXPECTATIVA DO LIVRO


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Estorias - Livros - Revistas - OLX Portugal

 

Mais um Escritor Português para a nossa lista de livros de 2021. José Leonardo, segundo a Wook, nasceu em 1971 na Vila de Odemira. Licenciado em Antropologia e com uma especialização em Ciências Documentais, foi Professor de Português, História e Geografia, Assistente Comercial numa empresa de transportes urgentes, Jornalista do diário 24Horas e Colaborador do quinzenário regional Sudoeste. Atcualmente, dirige a Biblioteca Municipal de Rio Maior. Aos 13 anos publicou a sua primeira estória na revista Correio Juvenil. Mais tarde, vários dos seus textos foram incluídos no suplemento "DNJovem" do Diário de Notícias. Em 2001, lança uma coletânea de contos, Estórias de Clausura e Outros Pequenos Espaços. O Vizinho do Lado é o seu segundo livro.

Conhecimentos não lhe faltam para escrever um bom livro. A sinopse, mostra-nos o seguinte: São 14 contos surpreendentes. Embora autónomos, estão umbilicalmente ligados pois todos eles têm lugar no mesmo espaço imaginário - a Cidade planetária, os seus Condomínios gigantescos, claustrofóbicos, labirínticos -, metáfora inquietante de um mundo desumano, que bem pode ser o nosso. São estórias escritas num registo irónico, de humor cortante, quase perverso, mas a um mesmo tempo paradoxalmente compassivo, com passagens obrigatórias pela solidão, a angústia, a violência e o desamor.

Se são estórias, não podemos esperar que sejam reais, não é mesmo? Tem vários pontos para ser um livro interessante:

  • Os conhecimentos do Autor,
  • A experiência que tem na escrita,
  • Ser algo que nos transcende da realidade,
  • Mostra-nos temas actuais num prisma de outro mundo.

Estes 4 pontos são os meus pontos de interesse antes de começar a ler.

Beijokitaz

 

04
Abr21

UM CONTO SEM O "E" || DESAFIO DA ABELHA


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

os desafios da abelha

 

O Desafio da Abelha é bastante interessante e, mais uma vez, vou participar com muito gosto! 

A Ana fugia do futuro. Para Ana o agora não possui significado algum. Por isso, Ana fugia. Ana ansiava voltar para o passado. Sim, para o passado. Para o passado. Para o passado. 

A Ana fugia do futuro. Caiu. O rosto sangravam. As mãos sangravam. Fraca. A Ana ficou fraca. Tonta. Tonta. Tonta. Respirou fundo. Não podia parar. Mas, Ana não o atingiu. O futuro alcançou-a. Fugir não foi a solução da Ana. A vida da Ana acabou, pois a Ana não conquistou o passado.

A Ana fugia do futuro.

A Ana fugia do futuro.

A Ana fugia do futuro.

Beijokitaz

03
Abr21

RESENHA DO FILME || ROOM 205


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Room 205 - 2007 | Filmow

 

Querida Netflix, esperava muito mais de ti, bem, muito mais. Então, a personagem principal passa o filme inteiro a tentar montar um candeeiro que partiu e, simplesmente não consegue, mas para se livrar dum espírito já consegue montrar um espelho partido. Já se que a protagonista escapa sempre do fantasma, enquanto outros Colegas morrem. Fantástico. Tão cliché.

Ela é indelicada com um rapaz tímido, afirmando que era por ser assim que ninguém gostava dele. Foi rejeitada pelo Crush e, por isso, convidou o rapaz tímido para sair. E este, feito idiota, aceitou.  E ainda a ajudou a livrar-se do espectro. Usou-o para provocar outra Colega, a que partiu o candeeiro dela e a Namorada do Crush. Esta culpa a portagonista pelas mortes na residência juvenil. 

A meio do filme, ela confessou ao rapaz tímido que a Mãe esteve num hospício e estava com medo que ao ver a morta, tivesse o mesmo fim. No final, o rapaz tímido ficou tramatizado por causa do fantasma e a personagem principal, não quiser saber dele. Ficou com ele, no corredor, o mínimo tempo possível e foi-se embora com um simples adeus. Resumindo, ela é uma idiota.

E tem uma parte que é igualzinha ao "Barco Fantasma", ou seja, a defunta, mostrou-lhe como morreu. É mesmo a Rainha da Colmeia. O filme é recheado de clichés baratos. Considerei bastante ruim. 

Beijokitaz

 

02
Abr21

UMA ABELHA NA CHUVA ||RESENHA DO LIVRO


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Uma Abelha na Chuva - Livro - WOOK

 

Adorei este romance e achei bastante interessante. É um livro de 1987 e isso reflectiu-se no seu manuseamento, visto que as folhas soltaram-se facilmente. Apesar disso, como já referido, a leitura não foi nada desagradável. Gostei particularmente duma frase: Muito pouco pode ainda o homem pelo homem.

Gosto bastante de livros antigo, clássico, como costumo dizer. Talvez devido ao vocabulário utilizado. Claro que o cheiro a livro antigo é maravilhoso! A estória em si é bastante engraçada e mostra bastante os costumes da época: Confissão ao Padre e mostrar o arrependimento no jornal. Hoje em dia, não é tão comum, principalmente a última parte.

Também mostra que a parte mental não era tão destacada, em termos de importância, como hoje em dia. A personagem tinha casos de ansiedade, por antecipação, pois tinha receio das consequências dos seus actos (pois, afinal, tinha de confessar o que fez). Ele descarrega no álcool e é menosprezado pela Esposa. Claro que ele só se importa, pois acha que vai ser apanhado.

Não seria nada desagradável ter lido este livro no Secundário ou, talvez, esta seja a altura certa para ele. É, sem dúvida, um livro de sentimentos. Mostra uma época bem diferente da actual. A saúde mental não tinha valor, mas sim o estatuto. O dinheiro, os casamentos por arranjo. Já ouvi dizer que as pessoas se vão conhecendo mais tarde e, de certeza, se apaixonam. Era assim que se pensava naquele tempo, principalmente na zona mais rural. Umas das personagens tinha sonhos para a Filha, mas foi traído pela paixão despertada na mesma. O Pai foi preso por não aceitar isso. O Pai e o Sonho do Pai. Para eles os fins justificavam os meios. 

Beijokitaz

 

 

 

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub