Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Devaneios de Miss L

14
Nov20

NADA MUDOU || CONTO DE TERROR


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Mão, silhueta, forma, horror, assustador, assustador, ajuda

 

Já mudei de cidade dez vezes em dois anos. Sim, dez vezes. O meu nome é Matilde. Nunca quis namorar, nem ter Filhos. Quis ser só eu e eu. Nada de animais de estimações. 

Há dois anos atrás, no dia que completei vinte e oito anos, perdi a minha Família. Quando voltei do trabalho, faltava uma mês para a me mudar para o primeiro apartamento que arrendei. Até agora o caso não foi resolvido. 

Na véspera deste acontecimento, a minha Mãe disse-me para acreditar nas paredes sempre que for assinado com uma flor. A minha Mãe assinava deste modo todos os seus recados. Achei que ela estava a brincar ou a dar uma pista para o meu aniversário. Não liguei. 

Mudei-me como estava planeado, pois aquele apartamento era arrendado e não fazia sentido pagar duas rendas e era um espaço que não me iria sentir bem em morar.

No primeiro mês, apareceu na parede do hall o número um e uma flor, a vermelho. Achei estranho. Voltei a olhar melhor, já não estava. Deveria ser impressão minha. Dois dias depois estava escrito na mesma parede " Tilde, ou sais daqui ou vai-te acontecer o mesmo que aconteceu a mim." estava assinado com uma flor. Fiz as malas a chorar. Mudei-me para um hostel. Tentei arranjar outro apartamento. No primeiro dia na parede da casa-de-banho estava escrito a vermelho "Tilde, eu avisei-te para saires." assinado com uma flor. Isto não era normal. Chorei, mas fiz o mesmo.

Era cansativo, mas não tinha respostas. Quem me poderia dar? Não sei. Eu não acreditava nestas coisas. Pensava que eram coisas que se contava para vender algo. Sempre fui racional nessas coisas. Emagreci imenso, pois estava sem respostas e eu detesto isso.

Isto foi continuando até ontem. Sim, até ontem. Cheguei do trabalho e estava escrito na parede do meu quarto "Hoje vou dar um passeio contigo, Tilde." assinado com uma flor. 

Hoje estou com a minha Família. Tudo acabou. Nós morremos há dois anos atrás. 

 

Beijokitaz

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub