Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Devaneios de Miss L

20
Fev21

O SER HUMANO || ASSASSINO EM SÉRIE


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Converse, Tênis, Sapato, Ao ar livre, Conversky, Sol

 

O boato mata! Sim, é verdade e ninguém o pode negar, o boato mata
mesmo. Tanto isso é verdade como a existência da frase “Eu não tive culpa, eu
só comentei.”. Se o boato não matasse, esta frase também não existiria. Seria
bom nunca mais ouvir esta frase. Era sinal que já não haveriam boatos por ai.
Esse necessidade de falar da vida dos outros existente na mentalidade de
aldeia é muito ruim. E eles animam-se mais quando inventam. Sentem-se
melhores, sentem que incomodam ainda mais.
O boato é um acto bem banalizado como urinar no mar. Algo banalizado não
quer dizer que seja normal.
Quantas pessoas já se suicidaram por causa dum boato inútil? Sim, todos os
boatos são inúteis. O boato já matou muita gente e continuará a matar se não for
travado. Fechar a boca sobre a vida alheia e não matar. Não matar por dentro
e/ou por fora. O boato mata. O boato mata. O boato mata!
Ninguém envolvido no boato (sem ser o alvo, claro) se importa com a
veracidade dos seus boatos. Na cabeça delas, o veneno tem de alastrar. Para
eles é normalíssimo. Para eles não há consequências. Terão sempre a desculpa
da frase “Eu não tive culpa, eu só comentei.”. Como o assassino de Joana, a
menina de Portimão, que afirmou “Eu não lhe fiz mal, só a matei.”. Como no livro
Gone Girl (Garota Exemplar ou Em parte incerta), o traidor disse “Eu nunca lhe
fiz mal.”. Claro que é verdade, matar e trair é fazer muito bem. Eu chego ao final
do dia muito triste, porque ninguém me matou, nem me traiu. É deveras muito
triste.
Ironias à parte, este actos são tão banalizados que nunca há consequências!
Porque estas pessoas nunca falam, nem inventam sobre a própria vida, porque
não têm!
O boato é um grande assassino e quem dá origem ao boato é, nada mais
nada menos, que o ser humano (que deveria ser humano). Sim, o ser humano é
um assassino em série. Pior, um assassino em série que não paga pelos seus
actos! “Suicidou-se? Que pena! Não tive culpa, só comentei e, ao que parece é
mesmo verdade, senão não se mataria, não é mesmo? (ri-se)”. Eles acham
piada a todos os processos do seu boato.
Falando novamente de Gone Girl (Se não leram e/ou não viram o filme, façam-
no!), a Esposa Traída inventou vários boatos, aproveitou que o Marido estava a
dormir para colocar as impressões digitais nele em objectos recriminatório. E o
que fazer quando alguém nos faz isso enquanto dormimos? Eu não sei. Pode
não ser culpado, mas há provas e contra provas não há argumentos. E a Esposa
Traidora teve alguma consequência pelos seus boatos e por inventar provas?!
NÃO!
Essas pessoas nunca levam com as consequências. Só as vitimas que matam
sem qualquer problema. Super banal. Na cabeça de quem cria boatos (dito
assim parece uma profissão) todo o seu veneno é verdade. Eu acho, pelo
menos, transmitem que acreditam em tudo o que falam. Eles são felizes assim e
sem os boatos sentem-se incompletos, talvez...
Parem de matar! Parem de falar da vida alheia! Parem de falar boatos!

Beijokitaz

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub