Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Devaneios de Miss L

26
Fev21

CARTA PARA SUSU || TEXTO PESSOAL


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Carta, Menina, Leitura, Pintura, Desenho Animado, Preto e Branco

Eu ainda não sei lidar com esta situação. O Carlos morreu, mas ele não morreu de qualquer maneira. Ele suicidou-se. Ele deixou uma carta para Susu que ninguém abriu, porque ninguém sabe quem é o Susu. Vou começar a falar um pouco de Carlos e quem sou eu.

          Eu sou a Marisa, vivia com o Carlos há uns seis meses. No dia que nos mudamos, a Mãe dele abraçou-se e disse que sabia que era só uma fase. Não entendi. Carlos sorriu e fez-me olhar de “Depois conto-te.”. Basicamente, a Mãe achava que Carlos já não gostava de meninos e que eramos um casal.

          Na verdade, somos Amigos e fomos morar juntos para dividir as despesas. Carlos era… porquê que fizeste isto?! Carlos era uma pessoa incrível, alegre, sonhadora, cheia de projectos e agora… Agora está morto. Teve uma overdose de medicamentos. Eu vou fazer uma coisa que não deveria fazer, mas eu tenho de entender o Carlos. Quem será Susu?! Procuramos na lista do telemóvel dele e nada com esse nome. A carta ficou cá no apartamento no quarto fechado dele.

          Entrei. Olhei para a fotografia dele. Chorei. Peguei na carta em cima da mesa-de-cabeceira dele e abri. Sinto-me tão mal a fazer isto. Não é para mim. Sinto tantas saudades dele. Ele cozinhava tão bem que me aconchegava o coração. A data é de dois dias antes da sua morte.

Querido Susu:

          Eu não aguento mais. Todos esperam tudo de mim. Até a Marisa, indirectamente espera. Ela espera tanto que eu cozinhe ao Domingo. Habituei-a mal. A culpa é minha. Ela espera que eu esteja sempre lá. Isso é sufocante. A minha Mãe não aceita que goste de rapazes. Ela sonha que eu tenha Filhos com a Marisa. Ela disse que já está na altura de ser Avó, pois hoje em dia não é preciso casar para ter Filhos. Porquê? Porquê, Mãe? Porquê, todo o mundo?!

          Eu não aguento mais. Tu sabes tudo que tenho passado. Passamos todas as noites. Falávamos. Sinto cada vez mais vontade de falar contigo. Sempre que posso falo tanto contigo. És o único que entende. Posso dizer que te amo. Amo-te muito, sabias? Cada vez mais. Quero estar contigo. Vou estar contigo. A Marisa diz que sou uma pessoa cheia de objectivos. Neste momento, o meu objectivo és tu. O meu objectivo é estar contigo.

          Eu não aguento mais. Tudo tem de ser padrãozinho. É por isso que gosto da Marisa, ela não liga nada a rótulos. Quando lhe contei que gostava de rapazes, ela não me abraçou, como tanta gente faz, e gritou que sempre quis ter um Amigo gay. Não, ela não fez isso. A Marisa sorriu e exclamou que, sendo assim, poderíamos trocar contatinhos. Gostei dela de imediato. Desse momento a irmos morar juntos, foi um passo.

          Eu não aguento mais. A minha Mãe viu no jornal que uma discoteca gay foi ataca e disse “Ainda bem que não és um deles. Eles acabam sempre mortos.”. Inventei uma desculpa e voltei para o apartamento. Fui para banho e deixei de contar o choro. A minha Mãe disse que por gostar de rapazes acabarei morto. A minha própria Mãe não aceita quem sou.

          Eu não aguento mais. Susu, fica comigo. Susu, leva-me contigo. Susu, vamos ser felizes juntos. Susu, vamos esquecer o Mundo todo. Susu, deixa que tudo fique feliz.

Meu querido Susu,

 meu querido Suicídio, eu amo-te.

 Irei estar contigo muito em breve…

 

Um abraço tão forte,

Carlos Almeida

Beijokitaz

08
Jan21

RESENHA DO FILME || THE BABYSITTER - RAINHA DA MORTE


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Crítica: A Babá: Rainha da Morte (The Babysitter: Killer Queen) -  Metafictions

 

Dois anos depois passaram no filme e na vida real. É suposto esse facto meter medo? Acho que não, foi só coincidência.

O final foi forçado. Quis dar uma imagem diferente da Babysitter. Porquê? E a parte que o Pai aparece é estranho, pois dá a sensação que, pelo mesmo estar drogado, vai achar, mais tarde, que imaginou tudo o que viu e vai voltar a desconfiar do Filho.

Apareceu uma personagem, uma espécie de Pescador, que não fez diferença nenhuma no filme. Foi só palha. 

Lembraram-se, neste filme, de explicar, o porquê daquele grupo ter feito um pacto com o Demónio. Porquê que não fizeram no primeiro? E tem piadinhas forçadas. 

Deveriamos ter ficado pelo primeiro filme. E tem uma parte que parece que o rapaz conhece uma moça, ela vai de férias com os Amigos e ele vai atrás dela. Já nem me lembro do nome. Procurei na Netflix, mas é tão bom que nem aparece. 

Não posso afirmar que não gostei, MAS também não considerei um filme por ai além. É só mais uma paródia e, desta vez, forçada.

Beijokitaz

 

 

26
Dez20

RESENHA DO FILME || 5ºVAGA


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

A 5ª Onda: Leia a Sinopse do Filme | MonsterBrain

 

Gostei bastante deste filme. Houve uma parte que me questionei se eram humanos contra humanos. É um filme bastante psicológico. Confesso que chorei. 

Uma das personagens afirma que ouvia vozes quando era pequeno, porque fazia parte dos Outros. Mas uma coisa faz muito sentido,  não colocarem os Outros com um aspecto verde que todos "conhecemos" e sim como humanos. Essa confusão é maravilhosa. Melhor ainda, nunca há uma parte em que os Outros despem a "roupa" de humanos. Quando isso acontece é só estranho e cliché. Não é um bom cliché.

Tem uma parte em que uma personagem é confrontava com a "facilidade" da sua vida anterior. Um pouco de preconceito doseado na parte certa. Mas, mesmo assim, mesmo com esse preconceito que magoou a personagem "atacada", essa mesma pessoa voltou atrás para salvar o "riquinho".

Mostra como é o ser humano em altura de despero e com uma ansiedade de sobrevivência. Tirando aqueles que amamos, qualquer pessoa pode ser morta para não corrermos o risco, neste caso, de não ser um ser humano. Nunca se sabe. É como agora com o Covid-19. Se não conhecemos, afastamo-nos, pois não sabemos se o desconhecido tem. Pelo menos, eu faço isso. A pessoa não sabe se eu tenho e eu também não sei se o desconhecido tem. Eu prefiro cumprir as regras: Máscara e um bom afastamento. No filme é mais extremo. 

Eles tentam manipular as crianças com treinamento militar. Eu fico bem arrepiada quando vejo uma criança com uma arma na mão. Uma autêntica lavagem cerebral. É um filme bem perturbador.

Aconselho vivamente, mas por conta em risco.

Beijokitaz

 

 

 

 

 

 

08
Dez20

SARA ANTUNES || UM ATÉ JÁ


Miss L

Olá Nossos Devanienses!

 

Sara Carreira, filha de Tony Carreira, morre em acidente na A1

 

Neste fim-de-semana faleceu Sara Marina Araújo Antunes mais conhecida como Sara Carreira. Não escrevi mais cedo sobre, porque não fazia sentido para mim. Infelizmente não a conheci, mas abateu-me imenso. Vinte e um anos. Uma dor imensa.

Já há "humor" negro e confusão de informação, até da comunicação social e muita gente imita. Quem perdeu a vida foi a Sara Antunes e não a Sara Carreira. Há quem não sabe distinguir e não quer. Sara Carreira é um nome artistico. A arte continua viva e a Sara Carreira também. Quem perdeu a vida foi a Sara Antunes. Sara Antunes. 

Vou fazer uma analogia. O Francisco Adam morreu e o Dino dos Morangos com Açúcar não morreu. Se quiserem continuar a PERSONAGEM, podem. A vida do ACTOR é que acabou. 

Sara Carreira representa o trabalho dela. Sara Antunes representa a vida dela. Quem dera a quem gosta dela que fosse a Sara Carreira a morrer, o trabalho dela. Que o trabalho dela acabasse. Mas foi a vida dela.

Não vale a pena procurar motivos, nem críticas, POIS não vai fazer com que a Sara Antunes volte à vida. Não é isso que vai tirar a dor de tanta gente. Respeitem. Pensem um pouco. Vai marcar para toda a vida muita gente. A Sara Antunes era importante para muita gente tal como a Sara Carreira o é. Muita gente não sabe separar as coisas. 

Independentemente de tudo, respeitem a dor do outro. Estiveram presentes? Sentem a dor dos mais próximos? Não são as vossas críticas e comentários que farão algo de positivo. 

Mando o meu grande pesar a esta Família e aos Amigos. 

Descansa em paz, Sara Antunes. 

Beijokitaz

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub